Férias em casa

Você não vai viajar porque está sem data ou sem dinheiro? Não precisa desanimar por causa disso. As férias continuam, então porque não curtir mais intensamente este tempo, mesmo que seja em casa, mas de uma maneira divertida? E não será preciso desembolsar muito para isso.

O Departamento Lar & Família está com você nesta também.

Preparamos dicas/games para você e sua família terem ótimos e inesquecíveis momentos.

>>Depoimentos

Depoimentos

 

As dicas/games do L&F estão sendo experimentados por muitas famílias. Eis alguns depoimentos:

Depoimento 1:

[Jacinto] “… conversamos muito…”

[Irani] “… foi uma sensação que estávamos em outro local… estamos curiosos para saber o que virá na próxima semana…”

[Carol] “… o jantar foi maravilhoso… serviu para nos unir um pouco mais…”

[Natália] “… quero repetir o jantar e o acampamento…”

Família Freitas Cândido:

[Moacir] “… foi uma idéia muito interessante…”

[Rozi] “… gostei muito… só esquecemos de levar repelente… e os pernilongos…”

[Karen] “… foi legal e divertido…”

[Karine] “… foi uma festa!”

Família Oliveira Corrêa:

[Claudinha] “… achei o máximo!”

Depoimentos 2:

Família Bezerra de Souza:

[Joel] “… descobri que posso fazer bolo e até desenhar…”

[Rosi] “… descobri que meu esposo é um bom culinário…”

[Änderson] “… aprendemos muitas coisas um do outro… foi divertido…”

Família Oliveira Corrêa:

[Claudio] “… a melhor parte foi comer o bolo…”

[Claudinha] “… coloquei os ovos na xícara, enquanto meu pai batia a batedeira…”

Família Alves dos Santos:

[Carol] “… o bolo estava azedo.. os desenhos hilários… mas foi muuuuuuito legal…”

Família Sá Rodrigues:

[Leandro] “… nos divertimos bastante… meu filho fez uma bagunça…”

[Roseli] “… foi muito agradável, eu pude ver como nosso filho ficou feliz por nos ajudar a fazer o bolo…”

Depoimentos 3:

Família Vicente Avelino:

[Sirlene]
“… uma boa oportunidade de unir a família…”

Família Tomazine:

[Sandra] “… o bolo ficou gostoso, mais gostosa foi a idéia de comermos…”

Família Alves dos Santos:

[Jacinto] “… convidamos uma família de amigos e fomos ao piquenique do IAE… e lá ficamos a tarde toda…”

[Irani] “… aproveitamos para comemorar no aniversário de casamento (19 anos)…”

[Carol] “… fazia muuuito tempo que não saíamos juntos…”

[Natália]
“… já combinamos de fazer de novo… foi muito divertido ver o meu pai e o Joel jogando bolinha de gude!…”

Família Bezerra de Souza:

[Joel] “… relembrei os tempos em que jogava bolinha de gude…”

[Rosi] “… foi legal mesmo…”

[Änderson] “… foi muito 10… quero mais…”

Só falta você!

>>Família Santos

Família Santos – 1ª. Parte

Primeiro dia de férias escolares. Dez horas da manhã.

– Manhêêê, não tenho nada pra fazer!
– Vá brincar com seus soldadinhos.
– Não quero!
– Vá assistir à televisão.
– Não tem nada de bom.
– Vá brincar na casa do Tiago.
– Ele não está em casa.
– Então faça um desenho.
– Já fiz.
– Então pergunte a seu pai.
– Ele me mandou falar com a senhora…

Família Santos – 2ª. Parte

Com grande sacrifício, planejamento e não sem algumas reclamações, a família Santos finalmente conseguiu separar uma noite para todos passarem juntos.

Mãe: – Que bom a família toda reunida! O que vamos fazer?

Pai: – Foi idéia sua… Pensei que você tivesse planejado algo.

Mãe: – Você é o cabeça do lar… Pensei que você teria lago especial.

Júnior: (interrompendo) – Vamos ao parque!

Maria: – Mas choveu a tarde toda… É que tudo está molhado… Já sei! Vamos brincar de esconde-esconde!

Pai: – Podemos lavar o carro…

Júnior: – Ô, paiêee… O senhor disse que íamos nos divertir juntos!

Mãe: – Já sei! Vamos olhar o álbum de fotos da…

Todos: – Aaahhhhh…

Pai: – Eu tenho uma idéia…

Júnior: – O quê, pai?

Maria: – Conta!

Pai: – Vamos assistir à televisão!

Todos: – Legal! É isso aí! Vamos assistir à TV

É idéias. Estão mais em falta do que paz no Oriente Médio e dinheiro no bolso. Até agora.

Família Santos – 3ª. Parte

A família Santos está chegando na Igreja no sábado de manhã. Atrasados pra variar.

Pai: – Você sempre me atrasa. Precisa se arrumar tanto??!!

Mãe: – Foram as crianças… Você não me ajuda?

Maria: – O Junior escondeu minha meia!

Júnior: (interrompendo) – Vamos parar de brigar! Já chegamos na Igreja!

Diaconisa: (cumprimentando) – Olha só que família linda!!!

Pai: – Quem boletim é esse?

Diaconisa: – É do pessoal do Lar & Família. É novidade!

Júnior: – Pai, deixa eu ler.

Maria: – Eu, também quero ver…

Júnior: – Você nem sabe ler!

Mãe: – Parem os dois, sentem-se e sejam reverentes.

Júnior: – Olha que legal Pai! Tem um game!

Maria: (pegando o boletim) – Que idéia genial!

Pai: (olhando curioso) – Silêncio, em casa a gente lê…

Família Santos – 4ª. Parte

Sábado à noite na casa da família Santos. Sem muitas opções de atividades eles se empolgam com os games do Boletim Lar & Família e resolvem experimentá-los.

Júnior: – Pai, podíamos fazer o game do CAMPINCASA.

Maria: – Ah! Pai vamos… parece tão divertido. Até a família Oliveira Côrrea já fez…

Mãe: (Olha para o marido com gestos de aprovação)

Pai: – Tá bão! Mas no quintal não. Tem o Rex (o cachorro) que além de fedido, tem pulgas. Vamos fazer na sala.

Maria: – Que injustiça! Lavamos o pobrezinho ontem… Você é que nunca gostou de cachorro…

Júnior: (interrompendo) – Então tá combinado! Vamos Maria preparar os colchões e almofadas.

Maria: – Vou levar todos os meus ursinhos!

Júnior: – Pai, porque você não conta umas histórias daquele livro??!

Pai: – Tudo bem, vou escolher uma ótima. Têm aquela do cavalo selvagem que meu avô costumava me contar…

Mãe: – Muito bem! Tô gostando desta idéia, vou preparar o lanche rapidinho!

É… Parece que esta noite as luzes vão demorar um pouco para se apagarem na casa da Família Santos!

Família Santos – 5ª. Parte

Domingo à tarde no campo de piquenique, a família Santos conversa empolgada.

Júnior: – Pai, bolo de laranja com sorvete de chocolate não ficou muito bom, né??

Pai: – É… acho ficaria melhor com sorvete de creme e tinha muito limão!

Maria: – Eu gostei! Quando voltarmos vou comer o restinho que ficou na geladeira…

Mãe: (tentando segurar o Rex que queria invadir a cesta de piquenique)

Pai: – Quem foi que teve a brilhante idéia de trazer o Rex, este cão pulguento??!!

Mãe: – Você disse que não mais reclamar do Rex… lembra??!!

Pai: – Benhêêê, quem são aquelas famílias lá do outro lado… Acho que eles tiveram a mesma idéia que nós…

Mãe: – Que mesma idéia que nós!!… Esta idéia estava no boletim do Lar e Família… É a família Alves dos Santos e a Bezerra de Souza.

Júnior: (interrompendo) – Pai eles estão jogando bolinha-de-gude…

Pai: – Bolinha-de-gude, hummm! Eu fui muito bom nisto… ganhava todas… quando chegava na roda da garotada, eles fugiam…

Júnior: – Que tal a gente ir lá, Pai??

Pai: – Boa idéia! Querida segura o Rex… vamos detonar com eles filho…

Mãe: – Reeexxx! Volta aqui!!!

Família Santos – 6ª. Parte

A Família Santos resolveu ao Mercado Municipal no Domingo de manhã. Enquanto saboreiam sanduíches e pastéis, conversam.

Mãe: – Junior, você está sujando toda a sua camisa nova!

Maria: – Paiêê, posso comer um pastel de carne-seca?

Pai: (com a boca cheia) – Pode… vou pedir um para mim também.

Junior: – Eu nunca vi tantas frutas exóticas. Pai, vamos levar maracujá africano para fazer suco?

Pai: – Vamos… e também o Cupuaçu… eu adoro suco de Cupuaçu!

Mãe: – Eu estou impressionada com o Mercado… Vi até a Barraca do Juca, aquela da novela… Querido, estou adorando este passeio!

Todos: (sorriem confirmando e levantando-se, saem…)

Maria: Vamos ver os passarinhos??!!

Todos: (concordam e se dirigem para as barracas de pássaros)

Pai: – (colocando o braço sobre os ombros da esposa e com um sorriso incontido)

– Querida, é pena o Rex não poder entrar no Mercado, né??!

Mãe: – Pode parar com sua ironia! Pobrezinho do Rex… ficou sozinho em casa…

Todos: (riem)

1º. Game: CAMPINCASA / CAMPINSALA

Material necessário: barraca e apetrechos para acampamento.

Procedimento: monte uma barraca ou uma tenda no quintal de sua casa e prepare tudo como se a família estivesse passando um fim de semana no acampamento. Leve jogos e prepare brincadeiras para que todos possam divertir-se.

Variação: em vez de acampar no quintal, monte a barraca na sala. Se não tiver barraca pegue colchões, travesseiros, almofadas e junto toda a família na sala.

Será uma noite inesquecível!

2º. Game: BOLO DA FAMÍLIA

Ingredientes:

3 ovos
½ xícara de óleo
2 colheres de sopa de margarina
1 copo de suco de laranja
2 xícaras de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

Como fazer:

Papai + Filhas: Separar os Ingredientes
Mamãe + Filhos: Separar os utensílios

Papai + Filhas:

– Misture os ovos, o açúcar, a margarina e o óleo, até obter um creme homogêneo
– Adicione a farinha de trigo e mexa até a mesma ficar incorporada na massa
– Coloque o suco de laranja e misture
– Acrescente o fermento

Mamãe + Filhos:

– Despeje numa assadeira (de preferência com furo no meio) untada e polvilhada
– Ponha no forno para assar até a massa dourar
– PULE PARA O 2º. GAME

Papai + Filhas:

– Desenforme e com palito de dente fure todo o bolo

Mamãe + Filhos: (COBERTURA)

– Misture suco de limão e uma xícara de açúcar
– Despeje sobre o bolo

Importante:

– Se as crianças forem pequenas os pais devem ajudar.
– Divida as crianças para participar meninos com a mamãe e meninas com o papai, ou da melhor forma possível.

Variação:

– Sirva com uma bola de sorvete de creme

Pronto acabamos de criar o bolo tradição de nossa família. Repita muitas vezes!

3º. Game: COMO EU VEJO VOCÊ!

Enquanto os biscoitos assam, é hora de uma outra brincadeira!: faça um sorteio secreto dos membros da família (como se fosse amigo-secreto). Em seguida distribua uma folha de sulfite lápis-de-cor ou giz-de-cera ou canetas-coloridas para cada um.

É hora de desenhar!: cada um deverá fazer um desenho da pessoa sorteada, com muito capricho. Se as crianças forem pequenas os pais devem ajudar.

É hora da revelação!: cada um deverá presentear a pessoa sorteada com o desenho e dizer as coisas que gosta(muitas!) e as coisas que não gosta(poucas!) na pessoa sorteada. Capriche nas qualidades!

Um bom ponto de discussão nestes momentos é sobre como Deus nos criou diferentes e únicos e como nos completamos com as diferenças de cada um com o amor.

Exposição: Arrume local na sua casa para afixar os desenhos e mantê-los por algum tempo.

Será que o bolo ficou saboroso!? Hummm! Vamos experimentar!

4º. Game: PIQUENIQUE NO QUINTAL

Como fazer:

A Família deve marcar um encontro especial ou simplesmente decidir “no improviso” levar o lanche para fora de casa, talvez num parque, no bosque ou outro lugar predileto. Se possível, leve uma toalha de mesa tipo xadrez, uma cesta com toda a refeição, refrigerantes ou sucos, etc. Se tiver tempo, podem brincar juntos no parque, fazer um passeio na natureza ou outro programa divertido.

Variação:

Piquenique na sala de estar – se for difícil sair de casa ou do apartamento, que tal fazer seu piquenique na própria sala de estar? Estenda a toalha no chão e sentem todos ao redor.

Estes momentos serão inesquecíveis! Se possível fotografe!

5º. Game: NOITE DA FAMÍLIA

Planejem uma reunião familiar em que cada um possa louvar a Deus usando um talento especial. O programa pode incluir solos, duetos ou outros conjuntos vocais da família, música instrumental, leitura de poesias, dramatizações, teatro de fantoches, esquetes. Na ocasião, também pode ser montada uma exposição de obras de arte com temas bíblicos. Durante a exposição, cada artista pode explicar o significado do seu trabalho e contar a história bíblica à qual se relaciona. O evento pode terminar com a leitura de Mateus 25:14-30 – a parábola dos talentos – e um desafio para cada pessoa invista tudo o que possui – não só bens, mas também dons e talentos – para o Reino de Deus. Talvez seja um boa oportunidade para convidar parentes, vizinhos e outros amigos.

Variação: Para variar o programa da “Noite da Família”, procure seguir um tema especial, por exemplo “Noite Nordestina”, “Noite do campo”, “Noite do ridículo”, “Noite antiga”, etc. A família pode providenciar música típica, comer comidas apropriadas, fazer brincadeiras, etc.

6º. Game: JANTAR CHIQUE OU JANTAR ROMÂNTICO

Quando o orçamento familiar não permite sair com freqüência para um restaurante, pense nesta idéia: estabeleça um valor limite para ser gasto pela família no supermercado. Todos podem escolher. A única regra é não ultrapassar o valor estipulado, nem suplementar a refeição com alimentos previamente comprados. Voltem para casa para fazer seu jantar chique.

Esta idéia traz muitos benefícios: ensina as crianças a trabalhar juntas, preparar um orçamento, reconhecer os limites do orçamento familiar e o valor das coisas, etc. Além disso, é muito divertido, e todos devem comer bem, gastando bem menos que no restaurante!

Variação: Use os ingredientes que vocês já tem. Cada membro será responsável pelo preparo de um dos pratos.

Variação para Casais sem filhos: O esposo pode se esforçar um pouquinho, ir para cozinha, e preparar um prato especial, enquanto a esposa cuida da mesa e dos arranjos. Um exemplo é preparar a mesa no chão, algo parecido com os costumes japoneses. O romantismo não pode ser deixado de lado nesta hora e a música ambiente não pode faltar.

Este tipo de festa, pode virar uma tradição, quem sabe uma vez por mês, datas especiais…!

7º. Game: PASSEIO NA NATUREZA

Afastem-se do corre-corre, e programem um passeio num parque, num bosque ou num jardim perto da sua casa. Aproveitem para conversar sobre a Criação de Deus. Despertem sua capacidade de observação e procurem detectar aqueles detalhes da Criação que geralmente passam despercebidos.

Visite os parques de São Paulo: Ibirapuera, Vila Lobos, Morumbi, Anhanguera, etc…

8º. Game da Semana: CAMINHANDO ENTRE OBSTÁCULOS

Material necessário: Garrafas, latas, cadeiras ou qualquer outro objeto que sirva de obstáculo, e lenços que sirvam como vendas para os olhos.
Desenvolvimento: Os obstáculos devem ser distribuídos pela sala. As pessoas devem caminhar lentamente entre os obstáculos sem a venda, com a finalidade de gravar o local em que eles se encontram.

As pessoas deverão colocar as vendas nos olhos de forma que não consigam ver e permanecer paradas até que lhes seja dado um sinal para iniciar a caminhada. O pai ou mãe com auxilio de uma ou duas pessoas, imediatamente e sem barulho, tirarão todos os obstáculos da sala.

O professor insistirá em que o grupo tenha bastante cuidado, em seguida pedirá para que caminhem mais rápido. Após um tempo o professor pedirá para que todos tirem as vendas, observando que não existem mais obstáculos.
Compartilhar: Discutir sobre as dificuldades e obstáculos que encontramos no mundo, ressaltando porém que não devemos temer, pois quem está com Cristo tem auxílio para vencer. I Co. 10:12-13.

9º. Game da Semana: LEVAR AS CARGAS UNS DOS OUTROS

Desenvolvimento: Cada um recebe um papel e deve escrever uma dificuldade que sente no relacionamento, um medo, problema, etc.. que não gostaria de expor oralmente.
A papeleta deve ser dobrada e colocada num saco.

Depois de bem misturadas as papeletas, cada pessoa pega uma qualquer dentro do saco e assume o problema que está na papeleta como se fosse seu, esforçando-se por compreendê-lo.

Cada pessoa, por sua vez, lerá em voz alta o problema que estiver na papeleta e usando a 1ª pessoa “eu”, fazendo as adaptações necessárias, dirá sua solução para o problema apresentado.

Após este exercício ainda compartilhar e conversar sobre a importância de levarmos a cargas uns dos outros, de ajudarmos o nosso próximo, e de percebermos que, embora conselhos nem sempre sejam bons, ouvir as sugestões e visões de outros sobre o nosso problema, pode nos ajudar a encontrar uma outra saída.

Objetivo: perceber a importância de levarmos a cargas uns dos outros e ajudarmos o nosso próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*