Culto Familiar

Culto Familiar 1

Culto Familiar 2

Em Busca do Tesouro Perdido – Culto Familiar

[VÍDEO: “O PARADOXO DO NOSSO TEMPO” - GEORGE CARLIN]

Hoje temos edifícios mais altos, mas pavios mais curtos.
Auto-estradas mais largas, mas pontos de vista mais estreitos.
Gastamos mais, mas temos menos.
Nós compramos mais, mas desfrutamos menos.
Temos casas maiores e famílias menores.
Mais conhecimento e menos poder de julgamento.
Mais medicina, mas menos saúde.
Bebemos demais, fumamos demais, gastamos de forma perdulária, rimos de menos, dirigimos rápido demais, nos irritamos facilmente.
Ficamos acordados até tarde, acordamos cansados demais…
Multiplicamos nossas posses, mas reduzimos nossos valores.
Falamos demais, amamos raramente e odiamos com muita freqüência.
Aprendemos como ganhar a vida, mas não vivemos essa vida.
Fizemos coisas maiores, mas não coisas melhores.
Limpamos o ar, mas poluímos a alma.
Escrevemos mais, mas aprendemos menos.
Planejamos mais, mas realizamos menos.
Aprendemos a correr contra o tempo, mas não a esperar com paciência.
Temos maiores rendimentos, mas menor padrão moral.
Tivemos avanços na quantidade, mas não em qualidade.
Esses são tempos de refeições rápidas e digestão lenta, de homens altos e caráter baixo, lucros expressivos, mas relacionamentos rasos. Mais lazer, mas menos diversão. Maior variedade de tipos de comida, mas menos nutrição.
São dias de viagens rápidas, fraldas descartáveis e moralidade também descartável e pílulas que fazem de tudo: alegrar, aquietar, matar.

Download PPT

SALMOS 8

Senhor, Senhor nosso, como é majestoso o teu nome em toda a terra! Tu, cuja glória é cantada nos céus.
Dos lábios das crianças e dos recém-nascidos firmaste o teu nome como fortaleza, por causa dos teus adversários, para silenciar o inimigo que busca vingança.
Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que ali firmaste, pergunto: Que é o homem, para que com ele te importes? E o filho do homem, para que com ele te preocupes?
Tu o fizeste um pouco menor do que os seres celestiais e o coroaste de glória e de honra.
Tu o fizeste dominar sobre as obras das tuas mãos; sob os seus pés tudo puseste:
Todos os rebanhos e manadas, e até os animais selvagens, as aves do céu, os peixes do mar e tudo o que percorre as veredas dos mares.
Senhor, Senhor nosso, como é majestoso o teu nome em toda a terra!

“As famílias felizes são semelhantes, e toda família infeliz é infeliz ao seu próprio modo”.
- escreveu Leon Tolstoi
O progresso tem feito com que as pessoas desprezem o passado, como se este não oferecesse qualquer coisa de valor relevante. Isto é especialmente verdadeiro em nossa geração, que vive em uma época solitária de exploração espacial, Computadores, FastFood, DVDs, internet e tecnologia celular. Em nossos dias, mesmo entre aqueles que confessam ser crentes existe uma rejeição sutil do cristianismo histórico. A frase da moda é “Não tenho tempo”, o tempo é a grande Moeda.
Deixamos de ser o povo que salga:
“Vocês são o sal para a humanidade; mas, se o sal perde o gosto, deixa de ser sal e não serve para mais nada. É jogado fora e pisado pelas pessoas que passam.” Mateus 5:13
Deixamos as veredas antigas, precisamos voltar ao passado:
“Assim diz o Senhor: “Ponham-se nas encruzilhadas e olhem; perguntem pelos caminhos antigos, perguntem pelo bom caminho. Sigam-no e acharão descanso”. Mas vocês disseram: ‘Não seguiremos!” Jeremias 6:16
Esquecemos da Profecia:
“Todos os confins da terra se lembrarão e se voltarão para o Senhor, e todas as famílias das nações se prostrarão diante dele.” Salmos 22:27
“É inevitável que o culto familiar, como uma forma de adoração espiritual, enfraqueça e desapareça em tempos quando o erro e o mundanismo invadem a igreja.” James W. Alexander
Esta é uma pregação para Adventistas, para mim e para você…
O Culto familiar não é uma garantia de felicidade, mas é impossível ser feliz sem ele…

Quais são as razões para estabelecer ou fortalecer o Culto Familiar em seu Lar?

1. SOMOS MORDOMOS DOS DONS DE DEUS
“Os filhos são herança do Senhor, uma recompensa que ele dá.” “Os filhos são um presente do SENHOR; eles são uma verdadeira bênção.” Salmos 127:3
Nossos filhos pertencem a Deus, e somos os mordomos designados por Ele para cuidar destas almas.
Devemos usar todos os meios que Ele nos deu para alcançar os nossos filhos com o evangelho do Senhor Jesus Cristo.
O professor Neil Postman disse: “Os filhos são mensagens vivas que enviamos a um tempo que não veremos”.
“As pessoas dos tempos futuros o servirão e falarão às gerações seguintes a respeito de Deus, o Senhor.” Salmos 22:30

2. SEU FILHO FOI COLOCADO EM SEU LAR POR UM DESÍGNIO DE DEUS
1 Coríntios 7.12-14 explica:
“Aos mais digo eu, não o Senhor: se algum irmão tem mulher incrédula, e esta consente em morar com ele, não a abandone; e a mulher que tem marido incrédulo, e este consente em viver com ela, não deixe o marido. Porque o marido incrédulo é santificado no convívio da esposa, e a esposa incrédula é santificada no convívio do marido crente. Doutra sorte, os vossos filhos seriam impuros; porém, agora, são santos “.
“Aos outros digo eu mesmo, e não o Senhor: se um homem cristão é casado com uma mulher que não é cristã, e ela concorda em continuar vivendo com ele, que ele não se divorcie dela. E, se uma mulher cristã é casada com um homem que não é cristão, e ele concorda em continuar vivendo com ela, que ela não se divorcie dele. Pois Deus aceita o homem que não é cristão por ele estar unido com a sua esposa cristã; e aceita a mulher que não é cristã por ela estar unida com o seu marido cristão. Se não fosse assim, os filhos deles não pertenceriam a Deus. Mas, sendo assim, eles pertencem.”
Fomos designados por Deus para iniciar, de maneira responsável, e cultivar, de maneira regular, a adoração diária a Deus com nossa família.
Deus deseja que os pais usem todos os meios disponíveis para alcançar seus filhos enquanto são jovens, quando são meigos e mais facilmente influenciados por seus pais, especialmente por meio de sua afeição natural para com eles.

3. O CULTO FAMILIAR NOS PREPARA PARA A ADORAÇÃO PÚBLICA.
A adoração nos lares é o ponto inicial, o fundamento, para influenciar nossa família.
A falta de vida que muitas igrejas experimentam em nossos dias pode ter sua origem nas muitas famílias cujos membros adoram a Deus somente no sábado.
A família que adora a Deus, como um modo de viver, nos seis dias anteriores, tanto na adoração particular como na familiar,  terá na adoração pública um sabor especial. E adorará a Deus em todas as coisas de sua vida!
(REVERÊNCIA DAS CRIANÇAS)

4. O DECLÍNIO ESPIRITUAL DE UM POVO
Alguém disse: “Assim como vai o lar, assim vai a Igreja, e assim vai a nação”.
Alguns anos atrás, na Groelândia, havia um interessante costume praticado toda vez que um estranho batia à porta de alguém. O dono da casa perguntaria naturalmente: “Quem é?” O estranho responderia: “Deus está em sua casa?” Se a resposta fosse “sim”, o estranho poderia entrar na casa.
A Igreja está se tornando como o mundo. Paulo disse aos homens da igreja de Corinto que vivessem como homens:
Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, sejam homens de coragem, sejam fortes. I Cor. 16:13
O Pecado do Egoísmo:
Pois nenhum de nós vive apenas para si, e nenhum de nós morre apenas para si. Se vivemos, vivemos para o Senhor; e, se morremos, morremos para o Senhor. Assim, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor. Por esta razão Cristo morreu e voltou a viver, para ser Senhor de vivos e de mortos. Romanos 14:7-9
À medida que você educa os seus filhos para conhecerem a Deus, não esqueça que um dia eles serão pais. Eles também criarão filhos — os seus netos — que, por sua vez, criarão seus bisnetos! Deus não está julgando apenas em nossos dias — Ele julgará também no futuro!
“Agora, pois, temei ao Senhor e servi-o com integridade e com fidelidade; deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais dalém do Eufrates e no Egito e servi ao Senhor. Porém, se vos parece mal servir ao Senhor, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao Senhor. ” Josué 24.14-15

DICAS
1. QUEM DEVE PARTICIPAR?
Para evitar a frustração e o fracasso, é vital que o pai, como cabeça do lar, seja apto a discernir como o culto familiar pode ser aplicado à sua família.
Os participantes do culto familiar são todos os membros da família. Em outras palavras, isto pode envolver um casal jovem, sem filhos, ou um casal cujos filhos já deixaram o lar. Inclui tanto os cônjuges crentes como os não-crentes (se possível), e a adoração familiar pode ser liderada por apenas um dos pais. O culto familiar tem de envolver todos os filhos que estão em casa, não importando as suas idades.
E, desde menino, você conhece as Escrituras Sagradas, as quais lhe podem dar a sabedoria que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus. II TIMÓTEO 3:15

2. ONDE O CULTO DEVE SER REALIZADO?
Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Deuteronomio 6:7
O ambiente do lar é o melhor para consistência, flexibilidade, mudanças e viabilidade. No entanto, podemos adorar em vários lugares, tais como: em um parque favorito, uma praça linda perto de casa, na sala de estar, na sala de visitas, em outros quartos da casa e mesmo no jardim. Cada um desses lugares nos oferece novas alternativas para o local regular do culto familiar: a mesa de refeições, após arrumarmos e lavarmos a louça do café ou do jantar. Também pode ser realizado na biblioteca da família, onde freqüentemente lemos individualmente e em conjunto.

3. QUANDO O CULTO PODE SER REALIZADO?
Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Amarre-as como um sinal nos braços e prenda-as na testa. Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões. Deut. 6:6-9
É crucial que se tenha uma ocasião regular que satisfaça o horário cotidiano da família. Para algumas famílias, o culto familiar pela manhã é impossível; a escolha deles é após o jantar. Para outros, após o desjejum é o melhor horário. A manhã é provavelmente a parte do dia que produzirá menos distrações para a maioria das famílias. (Muitos telefonemas e visitas costumam ocorrer à noite.) Mas, se você não mostrar flexibilidade e prontidão para mudanças, levando em conta todas as circunstâncias que a vida lhe pode trazer em um dia comum, ficará frustrado e desistirá logo depois de haver dado os passos iniciais. Lembre-se também: consistência, flexibilidade, mudanças e viabilidade são os fatores importantes.

OS TRÊS ELEMENTOS DO CULTO FAMILIAR:
- OS CÂNTICOS
- AS ESCRITURAS
- E A ORAÇÃO
(Vou adicionar um quarto elemento)

ADORANDO COM CÂNTICOS:
O Senhor tem de ser adorado com cânticos. Salmos 69.30 declara: “Louvarei com cânticos o nome de Deus, exaltá-lo-ei com ações de graça”.
Martinho Lutero demonstrou quão importante é a música na adoração a Deus, quer cantada no lar, quer nos cultos da igreja, quando disse: “Juntamente com a Palavra de Deus, a música merece a mais elevada apreciação”.
- Cânticos novos, coletânea, CD / DVD, instrumentos…

ADORANDO COM AS ESCRITURAS:
O ensino da Bíblia tem de ser central. Mantenha o padrão elevado, e Deus trará seus filhos a este padrão. Empenhe-se por fazer do tempo de ensino uma lição que eles recordarão.
- Memorizar textos, parafrasear, estudo de livros, histórias, recursos visuais, encenações. Usar vídeo. Todos devem participar da leitura. (nosso caso de Zaqueu).

ADORANDO COM ORAÇÃO:
As orações têm de ser oferecidas a Deus em nome de Jesus. Temos de ensinar nossos filhos não somente por meio das palavras que nós mesmos utilizamos em oração, mas também por fornecer os assuntos sobre os quais devemos orar.
- Caderninho de orações, orações atendidas, orar em grupo, dialogar sobre as necessidades e projetos. O que significa Orar em nome de Jesus. Estudar o Pai-nosso. Pedir perdão. Orar em círculo. Abençoar o filhos. Cada um deve levar sua listinha de oração. Orações específicas. (caso do Mateus/Bota um).

ESTIMULAR COMENTÁRIOS – O QUARTO ELEMENTO:
Aproveite a oportunidade para dialogar com os participantes sobre os Cânticos, sobre os textos lidos, sobre necessidade de oração, as orações atendidas… Perceba as necessidades através dos semblantes, crie oportunidade para o diálogo… Fale de sonhos e projetos…

MAIS DICAS PARA QUE SEU CULTO SEJA UMA DELÍCIA:
- Fazer cultos com amigos
- Cultos especiais de aniversários, datas especiais. Criar cultura especial o Dia da Mamãe… Dia do Perdão… Dia da Benção…
- Quadro na geladeira
- Ensinar reverência
- Cada dia um pode ficar responsável pelo Culto/Pregação
“O culto familiar deve ser breve, agradável, natural, cheio de ternura e celestial. ” Richard Cecil
“Deve ser o alvo principal dos chefes da família tornar a hora de culto muitíssimo interessante.” Orientação da Criança, de Ellen G. White – Pág. 521.
“Pais, seja simples a instrução que dais a vossos filhos, e certificai-vos de que ela é claramente compreendida.” Orientação da Criança, de Ellen G. White – Pág. 514

A prática do culto familiar diariamente oferece muitas vantagens aos pais que procuram alcançar seus filhos com o evangelho.
Com freqüência, um filho vê além da aparência religiosa de seus pais e descobre o que é realmente precioso para eles!
1 Timóteo 4.16 e aplicado a cada pai: “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes “.
De acordo com a Palavra de Deus, os pais são responsáveis por serem os pastores de seu próprio lar.

“Somente um discípulo pode fazer discípulos.” A. W. Tozer
“Se os pais não forem visivelmente sinceros, não podemos esperar que os filhos o sejam.” John Angell James
Famílias que adoram a Deus podem mudar igrejas… e nações.
Todos os confins da terra se lembrarão e se voltarão para o Senhor, e todas as famílias das nações se prostrarão diante dele, pois do Senhor é o reino; ele governa as nações. Salmos 22:27-28
É UMA QUESTÃO DE TUDO OU NADA:
“Tudo posso naquele que me fortalece.” Fil. 4:13
“… sem mim vocês não podem fazer nada.” João 15:5

Só existe uma razão para que o Culto Familiar aconteça em nosso Lar: Por que nós e a nossa família ama a Deus, mais do que amamos a nós mesmos.